Dia Mundial da Saúde Mental - "Não está sozinho/a nesta caminhada"

Publicado por Luís Mota em

Hoje, 10 de outubro, assinala-se o Dia Mundial da Saúde Mental, no entanto, lamentavelmente, as pessoas que sofrem de algum tipo de problema do foro mental são na maioria das vezes, incompreendidas, estigmatizada e excluídas. Este estigma relaciona-se com o facto de haver falta de conhecimento e compreensão acerca da saúde mental. Com este artigo, o objetivo prende-se em desmistificar estereótipos, partilhando informação acerca da doença mental, tanto para as pessoas que sofrem com algum problema, como também para os que as rodeiam uma vez que acaba por afetar os relacionamentos sociais, familiares e profissionais.

De acordo com a OMS, a saúde mental diz respeito a um estado de bem-estar em que cada pessoa compreende o seu potencial, conseguindo lidar com as adversidades da vida, trabalhando produtivamente, sendo capaz de contribuir para a sua comunidade. Assim, a saúde mental refere-se à capacidade de cada um sentir, pensar e agir com a finalidade de melhorar a capacidade de aproveitar a vida e lidar com os desafios. É uma sensação positiva de bem-estar emocional e espiritual.

A definição de saúde é bem mais ampla do que a simples ausência de doença. Define-se num estado de completo bem-estar físico, mental e social sendo que para além da saúde física, a saúde mental também assume um papel extremamente importante (OMS). Na verdade, não existe saúde sem saúde mental.

Segundo as estatísticas, cerca de 23% da população portuguesa tem uma perturbação psiquiátrica, 6,8% dos portugueses possuem uma perturbação depressiva, 16,5% da população sofre de perturbação de ansiedade e 17% dos portugueses tomam antidepressivos.

 

Fatores que prejudicam a saúde mental:

  • Pensamentos negativos;
  • Consumo de álcool e drogas;
  • Exposição excessiva à internet/redes sociais;
  • Sedentarismo;

Fatores que ajudam a potenciar a saúde mental:

  • Não se isole;
  • Opte por uma alimentação saudável
  • Pratique algum tipo de exercício físico
  • Implemente uma rotina de autocuidado
  • Reforce os laços familiares e de amizade;
  • Aposte na meditação;
  • Expanda os seus interesses;
  • Mantenha-se intelectual e fisicamente ativo;
  • Não tenha receio nem vergonha de pedir ajuda.

Como saber se precisa de ajuda?

  • Começa a isolar-se, afastando-se de familiares e amigos próximos;
  • Mudanças de humor constantes;
  • Perda ou ganho de apetite em excesso;
  • Beber/fumar de forma descontrolada;
  • Sentir a mente confusa/ter episódios de esquecimento;
  • Não sentir energia/motivação para nada;
  • Sentir medo, angústia, raiva e preocupação em níveis exagerados.

 

Existe uma série de tratamentos disponíveis para problemas de saúde mental sendo que a escolha e a duração são realizadas de acordo com as necessidades de cada pessoa. Vale ressaltar que, muitas das vezes, a pessoa apresenta mais do que uma perturbação mental, recorrendo-se assim a diferentes abordagens de maneira a otimizar o processo de recuperação.

O tratamento psicológico constitui-se como um dos pilares do tratamento de transtornos mentais a partir da aplicação de técnicas específicas de intervenção psicológica baseadas no diálogo ou na ação. O tratamento psicológico pode ser eficaz em algumas perturbações, no entanto, em alguns casos, pode haver necessidade de complementar com tratamento farmacológico.

Na maioria das vezes, os problemas psicológicos surgem de forma gradual e silenciosa sendo que nem sempre é fácil interpretar os avisos. Contudo, é importantíssimo valorizá-los e não ter vergonha de pedir ajuda. Aliás, procurar ajuda é um ato de coragem visto que há consciência da impossibilidade de enfrentar os problemas sozinho. É dar a oportunidade de se libertar de uma doença e aprender a voltar a viver de forma saudável e feliz. É crucial começar a encarar problemas de foro mental da mesma forma que se encaram doenças físicas uma vez que ambos necessitam de cuidados e tratamentos com o objetivo de uma boa recuperação e regresso à vida normal.

 

Caso necessite de mais informações sobre saúde mental visite sites como:

 

Na Taipas Termal, dispomos de uma equipa de Unidade de Saúde e Terapia Mental para responder às necessidades de cada pessoa. Priorize a sua saúde mental, priorize o seu bem-estar e a sua felicidade e jamais tenha vergonha de pedir ajuda.

Porque lembre-se…não está sozinho/a nesta caminhada!

 

Dr.ª Mariana Silva – Unidade de Saúde e Terapia Mental Taipas Termal

← Publicação Mais Antiga Publicação Mais Recente →

OUTRAS NOTÍCIAS

Piscinas de Verão Taipas Termal

Oportunidade de Recrutamento - Piscinas de Verão e Parque de Campismo

Por Luís Mota
Banhos Velhos Taipas Termal

Banhos Velhos apresentam Agenda Cultural para 2024

Por Luís Mota

Horário no Feriado - Clínica de Saúde e SPA Termal

Por Luís Mota